quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Lulina "Bolhas na pleura" (Peligro, 2005)


                       Lulina é uma garota recifense que compõe com grande facilidade, talvez isso explique a grande quantidade de discos que grava. Boa parte destes com produção bastante simples, nada de grandes recursos ou estúdios, pelo contrário, todo emprenho de execução das canções e gravação estão voltados a conseguir uma sonoridade lo-fi.

                     O álbum traz 13 destas canções simples, todas conduzidas por violão e vocais pouco expressivos, metricamente repetitivos, o que dá numa característica quase infantil. Parece até que o álbum foi composto sob o efeito de uma dose excessiva de cataflan ou benflogin. Sem nenhum desmerecimento, tem canções ótimas, como o sambinha "Faxina no juízo" e "Eu amava novalgina".

                Os temas envolvem um universo particular, neste disco quase conceitual, sobre doenças, medicamentos e até mesmo a morte sem morbidez. A voz, violão e efeitos atenuam qualquer possibilidade de tristeza nesse passeio farmacêutico e sonoro de Lulina.

                   “Bolhas na pleura” é o quinto disco caseiro da Lulina, o primeiro em que deixou a produção a cargo de Leo Monstro, parceiro nas produções posteriores. Foi lançado em CD, embalado no formato envelope, pelo caprichoso selo paulistano Peligro.

                 Quer ouvir? Download aqui! 
                 (chave de acesso: !qlX69VyzNop1qKCJStNuuHp8zropUCZuEU_eF2ckHjg)
                 Também disponível no Youtube!

4 comentários:

  1. Putz... servidor não mais no ar¹ Seria possível subir de novo, por favor?

    ResponderExcluir
  2. Uma tentativa bem mal sucedida de ser uma CAT Power brasileira...

    ResponderExcluir
  3. Are you looking for free Facebook Followers?
    Did you know you can get them AUTOMATICALLY & ABSOLUTELY FOR FREE by registering on Like 4 Like?

    ResponderExcluir