quinta-feira, 11 de agosto de 2011

V.A. “Leite Quente” (Independente, 1998)


"Leite Quente" traz 14 bandas brasileiras que tocaram no Festival Leite Quente de Bandas Independentes realizado em Curitiba como parte da 5ª Semana de Cultura da Universidade Federal do Paraná (UFPR) no ano de 1995, mas que chegou ao CD apenas em 1998.
A seleção de bandas para o festival priorizou os nomes mais atuantes e mais representativos do underground brasileiro na época, somados às bandas curitibanas. Neste disco estão presentes, em gravações ao vivo, guitar bands e alternativos em geral, como Low Dream, UV Ray, Tods, Dash, Dive e Victoria X; mod, Relespública; punk rock, Linguachula; rock’n’roll, Acústicos e Valvulados e Dalvvo; ska, Intruders; e os indescritíveis Ultramen, Boi Mamão e Frutos Madurinhos do Amor. No festival ainda tocou a veterana banda curitibana Woyzeck, que não está no disco por problemas técnicos da gravação.
Nesta época o underground brasileiro vivia um momento de conquistas. Desde o festival Juntatribo, ocorrido em Campinas nos anos de 1993 e 94, o cenário independente ganhou mais festivais, tais como o BHRIF em Belo Horizonte, BIG em Curitiba, além de palcos espalhados pelo Brasil e público envolvido com a proposta das bandas. Além disso, havia o trabalho das revistas Bizz, Rock Brigade, Dynamite, Top Rock, e depois General, Underguide, Rock Press, Vírus, além de fanzines, tais como Esquizofrenia, Papakapika, por exemplo, que abriram espaço para divulgar o que acontecia nas garagens brasileiras e assim fomentaram a iniciativa de novos fanzines e gravadoras independentes dispostas a lançar discos de bandas desconhecidas e sem apelo popular, sendo que algumas destas cantavam em inglês. Foi um grande pé na porta que abriu possibilidades para o cenário independente brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário